top of page

AS CONTRIBUIÇÕES DA PSICOLOGIA JURÍDICA PARA O DIREITO DE FAMÍLIA: O PAPEL DO PSICÓLOGO COMO MEDIADOR NOS CONFLITOS LITIGIOSOS NO ÂMBITO FAMILIAR

Temas de Ciências Humanas

Alessandro Lubiana
Kelen Cristina Leite Lubiana
Hycary Kethleen Leite de Oliveira

DOI: 10.46898/home.

4bd78d01-cced-44f8-80c1-d11ed5000689

Sinopse

Objetiva-se com esse estudo, analisar a efetividade dos psicólogos jurídicos e sua atuação na resolução dos conflitos litigiosos a fim de sanar os problemas que podem acarretar para os filhos com a destituição do poder familiar e regulamentação de guarda. Dessa forma, a problemática decorre dos danos sofridos pela criança ou adolescente que esteja no meio das desavenças do casal. O desempenho do psicólogo é o de auxiliar a Vara da Criança e da Juventude, avaliando por citação judicial ou não, a melhor condição física e psíquica da autoridade parental. Por meio dessas avaliações o psicólogo ainda pode descobrir certas patologias, possíveis abusos que a criança ou o adolescente sofre ou poderá sofrer, síndrome da alienação parental entre outros. Destarte, apesar da contribuição efetiva do papel do psicólogo como mediador nos conflitos litigiosos ainda é uma profissão coadjuvante no sistema jurisdicional brasileiro vigorando um amadorismo e sem remuneração na maioria das vezes. Desta form

Data de submissão:

16 de outubro de 2023 00:47:52

Data de publicação:

12 de dezembro de 2023 23:40:27

Gostou? Comente!
Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Adicionar avaliação
Share Your ThoughtsBe the first to write a comment.
bottom of page