top of page

UM ESTUDO SOBRE AS GÍRIAS JUVENIS MEXICANAS: ACEPÇÃO E USO DE “JEFES” E “BRONCA”

Estudos em Ciências da Linguagem

Ana Carolina Moreira Salatini

DOI: 10.46898/home.

66227b58-03c4-4433-8065-6bafdd2ae6ec

Resumo

O presente artigo tem como objetivo investigar a acepção e uso de duas gírias - “jefes” e “bronca”, em língua espanhola, contempladas no material Quiúbole con... para chavos (ROSADO; VARGAS, 2016), junto a jovens mexicanos de três diferentes cidades, por meio de um questionário. Os pressupostos teórico-metodológicos adotados provêm dos estudos sociolinguísticos sobre a variação linguística (MORENO FERNÁNDEZ, 2000; SILVA-CORVALÁN, 2001) e a gíria (PRETI, 2000, 2006). Os resultados demonstram que, além da sua acepção dicionarizada, a lexia “jefes” é empregada pelos jovens para referir-se aos “pais”. No tocante à “bronca”, a maioria das respostas estão relacionadas ao seu uso como sinônimo de “problema”, já contemplada em dicionários, com exceção de um local, onde foi associada também à “situação” e “briga”.

Data de publicação:

6 de março de 2024 12:55:17

Gostou? Comente!

Share Your ThoughtsBe the first to write a comment.
bottom of page