top of page

ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM PACIENTES COM COVID-19 INTERNADOS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

Estudos em Ciências da Saúde

Emely Kércia Santiago de Souza Brandão

DOI: 10.46898/home.

71d5c837-07d5-452e-84b4-b3595dc43a4d

Resumo

A pandemia da doença coronavírus 2019 (COVID-19) teve impacto não só no sistema pulmonar, mas também na parte musculoesqueléticos acarretando diversas implicações negativas. Dessa forma, a detecção de disfunções funcionais e implementação de mecanismos para reduzir tais danos são imprescindíveis para recuperação do paciente com COVID-19 na unidade de terapia intensiva (UTI). Dessa forma, se faz necessário o conhecimento mais amplo acerca da atuação fisioterapêutica no cenário atual em pacientes com COVID-19 em UTI. Por meio de revisão de literatura, o presente trabalho tem como objetivo apresentar evidências acerca do impacto da intervenção fisioterapêutica na UTI em pacientes com COVID-19. A mobilização precoce mostra-se como uma importante ferramenta na reabilitação desde a UTI. Portanto, demonstra-se a necessidade de mobilização precoce e exercícios para pacientes hospitalizados em UTI com COVID-19 a fim de prevenir, reduzir e reabilitar as consequências da doença.

Data de publicação:

31 de janeiro de 2024 23:18:04

Gostou? Comente!
Não foi possível carregar comentários
Parece que houve um problema técnico. Tente reconectar ou atualizar a página.
bottom of page