INFLUÊNCIA DO ISOLAMENTO SOCIAL AMPLIADO SOBRE A FREQUÊNCIA DE PARTICIPAÇÃO DE CRIANÇAS EM BRINCADEIRAS ATIVAS

Andrielle Sisneiro de Souza
Adriana Barni Truccolo

DOI: 10.46898/home.9786584897021.9

Sinopse

A pandemia do coronavírus levou à interrupção da rotina nas escolas e ao isolamento e confinamento sociais de milhares de crianças desvelando diferentes infâncias em diferentes contextos e culturas, aflorando vulnerabilidades e impactando no desenvolvimento cognitivo, social e emocional da criança. Diante desse cenário objetivou-se compreender a influência do isolamento social ampliado sobre a frequência de participação de crianças em brincadeiras ativas.

Data de publicação: 

10 de agosto de 2022 01:45:02