top of page

PRATICAS PEDAGÓGICAS PARA A REDUÇÃO DO BULLYING NAS ESCOLAS

Trabalho em Anais

Thaynara Ferreira Santos
Tatiana Guimarães Sampaio

DOI: 10.46898/home.

5c041364-5089-40ea-b5f2-a5189971d143

Sinopse

O bullying é um problema que atinge instituições de ensino em todo o mundo, envolvendo alunos de ambos os sexos, de classes sociais e culturas diferenciadas. O problema é que o bullying não envolve apenas situações de violência, o que já seria grave, mas é algo que age sobre a autoestima, aprendizagem e até mesmo desenvolvimento do aluno, afetando suas rotinas dentro e fora do espaço escolar e por isto precisa ser tratado como um problema coletivo e não apenas daqueles que sofrem essa violência. Diante desse contexto surgiu o interesse pelo tema de pesquisa que busca compreender de que forma o professor pode desenvolver práticas pedagógicas que auxiliam no combate a esse problema, sendo este o objetivo da pesquisa. A metodologia utilizada na pesquisa foi à revisão bibliográfica com base em autores como Souza, Santos e Novaes (2019), Passamani e Galuch (2016), Velleda (2017), dentre outros autores que discutem essa problemática e que permitem não apenas compreender melhor esse problema, mas como é possível combatê-lo de forma coletiva. Pode-se citar como resultados da pesquisa que as práticas pedagógicas desenvolvidas na escola podem corroborar tanto para que o bullying continue, como também, para que esse problema seja combatido e assim precisam ser desenvolvidas de forma a incentivar o respeito, tolerância, a construção de um espaço democrático, de relações interpessoais saudáveis, lutando contra as diversas formas de preconceito e violência, buscando ainda o apoio familiar no combate a esse problema, agindo não apenas diante daqueles que sofrem o bullying, mas dos que o praticam e até mesmo daqueles que apenas são telespectadoras dessas situações, já que todos sofrem consequências desse processo.

Data de submissão:

1 de fevereiro de 2023 11:56:26

Data de publicação:

4 de junho de 2023 16:15:44

Gostou? Comente!
Não foi possível carregar comentários
Parece que houve um problema técnico. Tente reconectar ou atualizar a página.
bottom of page