top of page
Original.png

RELAÇÃO ENTRE PRODUTO INTERNO BRUTO E POPULAÇÃO CARCERÁRIA BRASILEIRA

Luian Falcão Martins
Marcela Zanatta

ISBN: 978-65-85712-22-4

DOI: 10.46898/home.

a44968fb-6086-4d3b-bc14-4e65365556f7

Sinopse

O Brasil é um país de grandes números, seja em extensão territorial e população total, como também nos altos índices de criminalidade e violência, ou indicadores que demonstram a desigualdade social e econômica, principalmente entre estados e regiões. Para realização deste estudo foram comparados indicadores geográficos de população total, PIB – Produto Interno Bruto e população carcerária, com o objetivo de analisar a relação entre estes dados. A metodologia utilizada foi a de pesquisa documental. Através da análise dos dados coletados foi possível verificar que diferentemente do imaginado, não há uma relação lógica entre PIB e população carcerária. No entanto, foi possível perceber que os estados das regiões Norte e Nordeste, na sua maioria, apresentam o PIB e o percentual de pessoas presas inferiores a média nacional, em contrapartida, apresentam os maiores índices de criminalidade do Brasil. Enquanto os estados do Sul e Sudeste apresentam o PIB maior que o nacional e o percentual da população carcerária muito próximo da média. O que demonstra que o Brasil amarga uma grande desigualdade social e econômica entre estados e regiões. Necessitando melhores ações públicas para reduzir a desigualdade e criminalidade, a luz do que acontece em países desenvolvidos.

Data de submissão:

14 de junho de 2023 21:00:00

Data de publicação:

14 de junho de 2023 21:06:18

Gostou? Comente!
Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Adicionar avaliação
Share Your ThoughtsBe the first to write a comment.
bottom of page