top of page

A percepção dos enfermeiros sobre a classificação de risco em unidades de urgência e emergência

Trabalho em Anais

Marlon Pereira de Oliveira
Vaní Josele Rodrigues da Cruz
Francine Caldas Eslabão
Eliana Soares Domingues
Tiago Ramos Lammel
Fabrício da Cunha Moraes

DOI: 10.46898/home.

f67c0f0a-2c84-43c8-820f-ddf105359238

Resumo

Objetivo: descrever a percepção dos enfermeiros sobre a classificação de risco no contexto atual em duas unidades de urgência e emergência do sul do Rio Grande do Sul. Método: estudo qualitativo, exploratório e descritivo com 21 enfermeiros. As informações foram coletadas em outubro de 2019, através de instrumento semiestruturado e interpretadas por meio da análise de conteúdo. Resultados: emergiram três categorias: facilidades e dificuldades encontradas pelos enfermeiros na atuação durante a classificação; divergências acerca do atendimento da classificação de risco entre a equipe multiprofissional, e ausência de um sistema de contrarreferência aos demais serviços de saúde. Conclusões: a classificação de risco faz parte da atividade profissional do enfermeiro de maneira privativa e para que se consolide efetivamente é preciso o engajamento dos gestores em saúde, e do esforço coletivo da equipe multiprofissional para vencer obstáculos nos níveis estratégico, tático e operacional.

Data de publicação:

15 de junho de 2024 19:01:20

Apresente seu trabalho!
Gitt 0 av 5 stjerner.
Kunne ikke laste inn kommentarer
Det ser ut til at det var et teknisk problem. Prøv å koble til på nytt eller oppdatere siden.
bottom of page