top of page

ANÁLISE DE PROGNÓSTICO E SOBREVIVÊNCIA DO OSTEOSSARCOMA ALTO GRAU: EXPERIÊNCIA 11 ANOS DE UMA INSTITUIÇÃO PARAIBANA

André Luís Lopes Gomes de Siqueira
José Carlos Lacerda Leite
Kátia Suely Queiros Silva
Iracema Filgueira Leite
Talianne Rodrigues Santos
Rayssa Sobreira Camurça

ISBN: 978-65-84897-30-4
DOI: 10.46898/home.9786584897304

Sinopse

Os tumores ósseos são responsáveis por 2% de novos casos de neoplasias anualmente no Brasil, podendo ser do tipo primário ou secundário quando são originados em outros locais. Osteossarcomas (OS) fazem parte dos sarcomas produtores de tecido osteóide imaturo, respondem por 10% dos diagnósticos em crianças e adolescentes, sendo as mais comumente acometidas. O prognóstico se associa a presença ou não de características clínicas ou histopatológicas, como a presença ou não de metástase pulmonar. O propósito do estudo foi o de associar as variáveis independes idade, sexo, escolaridade, tempo de início dos sintomas, tempo até o primeiro atendimento, Índice de Huvos, tipo histológico, tamanho do tumor, presença ou ausência de metástases, tipo de cirurgia realizada e dosagem de fosfatase alcalina no primeiro atendimento à variável dependente óbito e construir um modelo probabilístico, além da análise da sobrevivência em 5 anos.

Data de publicação: 

19 de dezembro de 2022 15:24:57

Gostou? Comente!
Mit 0 von 5 Sternen bewertet.
Noch keine Ratings

Adicionar avaliação
Deine Meinung teilenJetzt den ersten Kommentar verfassen.
bottom of page