top of page

VAQUEIRO, VIDA E LUTA: A CONQUISTA DO SERTÃO

Trabalho em Anais

Breno de Oliveira Raimundo

DOI: 10.46898/home.

3da06802-14f9-400e-866f-2fb837fe8760

Sinopse

O objetivo deste artigo é mostrar e trazer como foi a chegada dos vaqueiros ao sertão nordestino e, também, expor como eles viviam e como eram suas atividades de trabalho, apontamos toda luta que os vaqueiros tiveram no processo da conquista. Este estudo é de cunho bibliográfico a partir dos autores RIBEIRO (1995); CATROGA (2011); BARROSO (1952); CANNECATIM (1804), PIEL (1961), FERREIRA (2004), MÄDER (1995) AMADO, 1995; ARRUDA (2000); MORAES (2003); NEVES (2003); BARBOSA; FERRAZ (2005); SILVA (2010); SARAMAGO (2015); FERRAZ; BARBOSA (2015) RÊGO (2016), CASCUDO (1956); MENEZES (1970); MELO (2011); ZERZFELD (2008) e BERNADES (2008). Focamos o cotidiano dos vaqueiros, na lida com o gado estava acima de tudo, sendo o gado um dos principais meios econômicos para a época. A labuta exigia bastante habilidade, resistência e força física. Muitas vezes em seus ambientes de trabalho eles eram expostos até mesmo ao perigo de morte. Destacamos as lutas dos vaqueiros por melhores condições de trabalho e remuneração, pois, através de estudos e pesquisas feitas em vários meios de comunicação e, outro ponto que destacamos foi a bravura dos mesmos, abordamos elo entre a figura dos vaqueiros Será que valeu a pena para aqueles primeiros homens que chegaram ao sertão nordestino, ou simplesmente foram usados como cobaias humanas para gerarem lucros e descobertas para alguns? Qual foi o preço que eles pagaram por todo sangue e suor derramado?

Data de submissão:

25 de junho de 2023 03:58:19

Data de atualização:

22 de julho de 2023 11:26:43

Gostou? Comente!

分享您的想法率先撰寫留言。
bottom of page