top of page

E.P. Thompson: um dos fundadores da História Cultural?

Estudos em Ciências Humanas

Franco Santos Alves da Silva
Scheyla Tizatto dos Santos

DOI: 10.46898/home.

7d93b9fd-dfc0-47ce-81b5-8a0ad5ff98c6

Resumo

A obra do historiador inglês Edward Palmer Thompson é tão complexa quanto vasta. Ao longo de sua trajetória intelectual e militante – sendo as duas inseparáveis – envolveu-se em debates no interior do pensamento marxista, de 1950, 1970 e 1980. com. Historiadores filiados à história cultural, na tentativa de encontrar suas “origens” dentro da historiografia vê em Thompson um dos precursores do culturalismo, posição então refutada pelo próprio autor e que traz grandes distorções acerca de sua obra e metodologia. Busca-se, portanto, as posições de Peter Burke, Lynn Hunt, Ronaldo Vainfas, Hebe Mattos e Durval Muniz Albuquerque sobre a releitura de sua obra. Acreditamos que este debate faz emergir ao menos três questões principais: o deslocamento da obra de Thompson do debate marxista; a reedição da discussão travada com colegas marxistas como em A miséria da Teoria e ainda a própria visão de Thompson sobre cultura.

Data de submissão:

17 de janeiro de 2024 21:53:05

Data de atualização:

26 de janeiro de 2024 22:24:53

Gostou? Comente!

Share Your ThoughtsBe the first to write a comment.
bottom of page