top of page

PLANEJAMENTO COMPUTACIONAL DE DERIVADOS N-11-AZAARTEMISININA COM ATIVIDADES CONTRA PLASMODIUM FALCIPARUM


 

Potencial eletrostático molecular (MEP, Molecular electrostatic potential), interação ligante-receptor (Molecular docking) e técnicas de reconhecimento de padrões (PR, Pattern recognition) foram usados para desenhar novos derivados da artemisinina potencialmente ativos contra malária do tipo Plasmodium falciparum. MEP foi usado para identificar as características estruturais chaves de artemisinina e dezenove derivados N-11-Azaartemisinina antimaláricos, reportados na literatura, necessárias às suas atividades e para investigar eventuais interações com o receptor molecular através do reconhecimento em um processo biológico. Estudos de Molecular docking desses derivados, com o receptor-HEME e de PR foram conduzidos para evidenciar interações com o alvo biológico. Os métodos PR demostraram que os dezenove derivados N-11-azaartemisinina podem ser separados em duas classes: mais ativos e menos ativos.

 





58 visualizações0 comentário

Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
bottom of page